Sessão: 006/2016 realizada em 08/04/2016

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE CALDEIRÃO GRANDE BAHIA, EM 08 DE ABRIL DE 2016. Aos 08 (oito) dias do mês de Abril de 2016 (dois mil e dezesseis), às 9h (nove), reuniram-se no Plenário da Câmara Municipal de Caldeirão Grande, os Senhores Vereadores, Anatália Pereira Rios, Antonio Luis dos Santos Guirra, Carlos Augusto Bezerra Baltar, Derisvaldo Santana de Souza, Erbet Santana de Oliveira, Maiko Porcino dos Reis, Pedro Henrique Araujo Bezerra e Ronaldo Alves de Oliveira. Estando ausente por motivo justificado a vereadora, Adriana Maria Pereira. O Presidente em exercício, vice-presidente Erbet Santana, verificando a presença da maioria, deu por aberta a sessão; em seguida, iniciou as formalidades saudando a todos e fazendo a chamadas dos Edis; na seqüência, convidou a Primeira Secretária, Anatália Rios, para fazer a leitura do livro Provérbios, capítulo 12 (doze) versículo 01 (um) à 04 (quatro); em seguida, convidou a Secretária da Câmara para ler a Ata nº 005/2016 da Sessão passada, que, depois de lida e discutida, foi aprovada com ressalvas pelo vereador Derivaldo reforçando seu desafio de que se o asfalto sair até Barracas no mandato de 2016 vestirá o vestido; logo após, convidou novamente a primeira secretária, Anatália Rios, para fazer a leitura da Pauta do dia, qual seja: 1. Oficio nº 028/2016, encaminhando ao Executivo o Projeto de Lei nº 004/2016 Aprovado por unanimidade de votos na Sessão Ordinária do dia 01 de Abril de 2016; 2. Votação do Projeto de Lei nº 011/2015, de 16 de Novembro de 2015, que “Dispõe sobre a reestruturação do Sistema Municipal de Ensino e dá outras providências”; 3. Votação dos Projetos de Decreto Legislativo nº 002, 003, 004, 005, 006, 007, 008, 009, 010 e 011/2016; Logo após, foi discutido o Projeto de Lei nº 011/2015 com a participação da Secretaria de Educação, Nancy Gonçalves, e do vereador Carlos representando o Sindicato do Servidor Público, onde fizeram suas considerações a cerca do Projeto; logo, o vereador Luis Guirra fez um requerimento pedindo a retirada da matéria de pauta para ser analisada; assim o presidente em exercício fez uma votação com os demais vereadores, os quais concederam o requerimento verbal solicitado pelo vereador Luis Guirra, ficando assim a votação do Projeto para a próxima sessão; em seguida, foi feita a votação dos Projetos de Decreto Legislativo que concede título de cidadão Caldeirão Grandense aos senhores, Sargento Ailton Geraldo Gomes Júnior, Sr Carlos Roberto Borges Vasconcelos, Professora Noelia Maia Gama Cunha, Sr Hélio Boa Ventura, Ex-vereador Narcizo Barbosa Delgado, Padre Robson Santos Amorim, Dr Pericles Leonardy Oliveira Pinheiro, Sr Josevaldo Vasconcelos, Sr Gismário Alves Carvalho e a Sra. Maria do Socorro Oliveira Gonçalves, sendo todos Aprovados por unanimidade de votos; na seqüência, o presidente em exercício franqueou a apalavra aos nobres Edis, fazendo assim a abertura, pedindo a primeira secretária para assumir a presidência enquanto o mesmo faz-se o uso da fala, o qual iniciou listando seus projetos que será protocolado na Câmara após encaminhar aos Órgãos da cidade para debater o tema; relatou uma reportagem na rádio Paiaia onde o radialista falou que o vereador que tem mandato deve casado pelo povo e o que tem mais de um mandato deve ser banido, ficando ofendido com as palavras e respondendo a altura do mesmo; logo, concluiu deixando seu abraço; em seguida, a palavra foi franqueada ao vereador Carlos, que saudou a todos; justificou que desde 2000, quando começou a trajetória política, já se pensava na possibilidade de ser prefeito de Caldeirão Grande com o propósito de melhorar a cidade em todas as circunstância e que caso não tivesse apoio nesta posição seria pré-candidato a vice-prefeito do município; listou seus sacrifícios para ajudar sua cidade; afirmou que o prefeito enrolou o povo, o presidente da associação e os lideres comunitários, não dando oportunidades; informou que o sindicato começou a ser perseguido pelos funcionários dentro dos recursos humanos em criticar a atuação do sindicado com relação ao direito do professor, justificando que a oposição vai se unir visando ganhar a eleição; relatou uma conversa com o prefeito por telefone onde o mesmo disse que ele pedia muito e é um vereador que não pode está no grupo porque sua chapa estava pronta, não tendo espaço para ele, expulsando-o de seu grupo; listou as mudanças que precisam ser feitas no plano de governo; parabenizou as pessoas presentes listando-as; falou que estará na rádio para que todos saibam o que ocorreu pois pediu apenas emprego para o povo; encerrando assim sua fala; a seguir, a palavra foi concedida ao vereador Pedro Henrique, o qual saudou a todos desejando boas vindas ao Vereador Carlos Augusto; informou ficar feliz com a noticia do Projeto da construção da pista de skate que será construída na cidade esperando que saia do papel; entrou com o Projeto de Lei para a criação da secretaria de esporte para beneficiar todos os jovens de Caldeirão Grande; informou que cedeu o Partido PDT para Candido, partido o qual era presidente, e hoje faz parte do partido Democrata; perguntou pelo dinheiro do concurso público que foi anulado e fraudado, pela academia da saúde, pelo calçamento da portelinha e pelo Banco do Brasil; informou que o que mais os vereadores solicitam na Câmara é a vinda do plano de cargos e salários, para regularizar; espera que a estrada seja concluída, sendo a favor pois irá beneficiar a população; informou que está um pouco ausente do município por motivos que beneficiará a sociedade e concluiu dizendo que os últimos serão os primeiros; logo após, a vereadora, Anatália Rios, pediu desculpas aos presentes pois se ausentaria naquele momento, justificando-se; na seqüência a palavra foi concedida ao vereador Derisvaldo que cumprimentou a todos, disse que o prefeito Netinho vai colher o que está plantando na sua administração, listando as falhas; chamou a atenção da câmara de segurança da cidade que está desligada, sendo de responsabilidade do prefeito; falou da falta de respeito e competência com o povo em não funcionar o Banco do Brasil na cidade; comentou sobre as atrações da micareta, sendo que a juventude merece atrações melhores, devendo ouvir a opinião dos jovens; falou que o vereador Carlos é homem de respeito, trabalhador e honesto dando-o boas vindas; e finalizou colocando-se a disposição do povo no que estiver ao seu alcance; em seguida, a palavra foi concedida ao vereador Luis Guirra, que saudou os presentes, disse que se sentiu ofendido com o comentário na rádio sobre o mandato dos vereadores, informando que deve haver respeito com as pessoas desta cidade e apresentará uma nota de repúdio a este cidadão onde será encaminhado a Rádio Paiaia para dar ciência a toda imprensa Nacional; relatou o desrespeito da atual gestão em não ceder um carro para transportar cento e cinqüenta cestas básicas para a comunidade de Raposa; perguntou pela escola de Raposa e Boqueirão que ainda continua igual a gestão passada, necessitando de reforma; questionou sobre o plano de cargo e salário que o prefeito deveria ter mandado a câmara em novembro do ano passado; desejou boas vindas ao vereador Carlos falando da sua dedicação com o povo; e concluiu suas palavras elogiando seu novo grupo; na seqüência, a palavra foi franqueada ao vereador Ronaldo, que saudou a todos agradecendo a Deus; iniciou falando da sua trajetória política, listando as dificuldades e o trabalho que vem realizando; disse ter ficado triste com o comentário na rádio sobre o mandato dos vereadores, pedindo assim respeito; relatou suas cobranças feitas para o benefício da população; parabenizou Paulo Bezerra pela entrevista na Rádio Paiaia apresentando seu plano de governo; informou que o prefeito deve devolver o dinheiro do concurso público; lembrou sua fala quando disse que secretário tem que ser filho da cidade; parabenizou o prefeito e o secretario Robério pela inauguração da UBS no povoado de Baraúnas; parabenizou também a Professora Nancy que de tanto pedir o Plano de carreira do Professor agora irá sair do papel; e finalizou sua fala agradecendo a todos; em seguida, a palavra foi franqueada ao vereador Maiko, que cumprimentou a todos, questionou o quadro político de Caldeirão Grande, estando precoce; ficou insatisfeito pelas palavras do radialista e triste com as palavras de um pré-candidato quando falou que a estrada de Caldeirão a Barracas irá beneficiar apenas a ida e vinda do prefeito; relatou a mudança de Carlos, que saiu do grupo do prefeito não porque pediu emprego ao povo, sabendo ele mesmo o que pediu, tendo o prefeito um limite para empregar as pessoas; falou da micareta que se as atrações fossem as melhores os vereadores estavam questionando o excesso de gastos; informou que o Colégio de Raposa será beneficiada com a reforma e com uma quadra; justificou que o carro para transportar a cesta básica não foi oferecido porque o mesmo já tinha compromisso; informou que a obra da estrada está empregando algumas pessoas, beneficiando a todos; parabenizou o Secretário Robério pelo trabalho que vem realizando em frente a Secretaria de Saúde; e concluiu agradecendo a todos; por fim, nada mais havendo a tratar, o presidente em exercício agradeceu a presença de todos, e deu por encerrada a Sessão Ordinária, da qual lavrou-se a presente Ata, que após lida e discutida será assinada por todos os vereadores presentes. Sala das Sessões, em 08 de Abril de 2016.


Anatália Pereira Rios

 

Antonio Luis dos Santos Guirra

 

Carlos Augusto Bezerra Baltar

 

Derisvaldo Santana de Souza

 

Erbet Santana de Oliveira

 

Maiko Porcino dos Reis

 

Ronaldo Alves de Oliveira

 

Pedro Henrique Araujo Bezerra